top of page

Tudo sobre o Diretor Estatutário responsável pela atividade de Consultoria: requisitos, atribuições e pontos de atenção

No mundo das finanças, o diretor estatutário responsável pela consultoria de valores mobiliários é uma figura essencial. Sua atuação é crucial para a estruturação e o funcionamento adequado das organizações de consultoria. Neste post, abordamos os principais aspectos que envolvem esse cargo, incluindo requisitos, atribuições e pontos de atenção.



Requisitos para se tornar Diretor Estatutário Responsável


Para assumir o papel de diretor estatutário responsável pela consultoria de valores mobiliários, é necessário cumprir uma série de requisitos rigorosos, que garantem a qualificação e a idoneidade do profissional. Confira abaixo os principais critérios:

  1. Ser consultor de valores mobiliários: É imprescindível que o candidato possua a certificação ou a expertise comprovada na área de consultoria de valores mobiliários.

  2. Exclusividade no mercado de valores mobiliários: O diretor estatutário responsável não pode exercer outras atividades no mercado de valores mobiliários para evitar conflitos de interesse.

  3. Aprovação em exame de certificação profissional: A certificação por meio de exame garante que o candidato possui o conhecimento técnico necessário.

  4. Apresentação de cursos concluídos: A formação acadêmica e profissional é fundamental. O candidato deve apresentar a comprovação de cursos relevantes para a função.

  5. Experiência profissional: É necessário indicar as principais experiências profissionais dos últimos cinco anos, demonstrando a trajetória e a competência na área.

  6. Transparência em processos legais: O candidato deve descrever todos os processos judiciais, procedimentos administrativos ou arbitrais em que esteja envolvido e que possam afetar sua reputação profissional.

  7. Declarações adicionais: Devem ser informados os processos administrativos relacionados a atividades sujeitas ao controle e fiscalização da CVM e outros órgãos financeiros, como Banco Central, SUSEP e PREVIC, além de quaisquer condenações por ilícitos financeiros e impedimentos de administração de bens.


Atribuições e Responsabilidades



Embora a Resolução CVM 19 não dedique um item específico às atribuições e responsabilidades do diretor responsável pela consultoria, ela define que este profissional é o principal responsável pela atividade de consultoria de valores mobiliários. Isso significa que o diretor estatutário é a figura central, sendo responsabilizado pelos atos praticados durante a prestação de serviços de consultoria pela organização.

O diretor responsável deve assegurar que todos os serviços prestados estejam em conformidade com as normas e regulamentações da CVM, garantindo a integridade e a transparência nas operações da consultoria. A nomeação para este cargo exige aprovação pela CVM, evidenciando a importância e a responsabilidade atribuídas a essa função.


Pontos de Atenção


Alguns pontos críticos merecem destaque quando se trata do papel do diretor estatutário responsável pela consultoria:

  1. Proibição de registro como assessor de investimentos: A CVM veda que o diretor responsável pela consultoria obtenha e mantenha registro como assessor de investimentos, evitando possíveis conflitos de interesse.

  2. Separação de funções: O diretor responsável pela atividade de consultoria não pode exercer também a função de diretor de compliance. Essa separação é fundamental para garantir a independência e a objetividade na supervisão das operações da consultoria.

  3. Conformidade e fiscalização: O diretor deve estar atento às exigências de conformidade e às fiscalizações periódicas realizadas pela CVM e outros órgãos reguladores, mantendo a empresa sempre em conformidade com as leis e regulamentos vigentes.


Para saber mais sobre o papel do diretor de compliance e como ele se relaciona com o diretor estatutário responsável pela consultoria, confira o nosso artigo sobre o Diretor de Compliance.


O papel do diretor estatutário responsável pela consultoria de valores mobiliários é de suma importância para a integridade e a eficiência das operações de consultoria. Através da qualificação rigorosa e da clara definição de responsabilidades, a CVM busca garantir que esse profissional atue com competência e ética, contribuindo para um mercado de valores mobiliários seguro e transparente.

23 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page